Muitas são as pessoas que aderiram a Dieta Low Carb que tem como finalidade auxiliar na perda de peso por meio do consumo reduzido de carboidratos.

Normalmente, as pessoas consomem em média 55% de carboidratos por dia, porém com a Dieta Low Carb é proposto o consumo diário entre 5% a 45%.

Com a redução significativa do consumo de carboidratos é possível obter a perda da gordura corporal, porém a Dieta Low Carb não é milagrosa, ou seja, não será somente por meio dela que conseguirá a perda de peso e por isso, é preciso que haja a prática de atividade física de forma frequente.

Portanto, se quer ter mais informações sobre a Dieta Low Carb, não deixe de ler todo este texto.

Dieta Low Carb emagrece?

O emagrecimento por meio da Dieta Low Carb é saudável, já que que há a preferência pelo consumo dos carboidratos com índice glicêmico baixo.

Mas como isso acontece?  Quando há a ingestão de carboidratos, ele fornece a glicose necessária para que a célula produza energia.

Se houver o consumo excessivo de glicose, o organismo armazenará a gordura e se esta for utilizada antes da realização da refeição seguinte, não haverá ganho de peso.

Dieta Low Carb tem como finalidade a ingestão de alimentos com o mínimo possível de carboidratos.

Os benefícios da Dieta Low Carb

A Dieta Low Carb visa inúmeros benefícios para a saúde, sendo alguns deles:

  • Redução da gordura corporal

A grande adesão a Dieta Low Carb é justamente o fato de já ter auxiliado muitas pessoas a perderem peso a partir do consumo correto dos alimentos, sem muito sacrifício.

Portanto, a redução da ingestão dos carboidratos aliada a prática de exercício físico, fará com que perca com mais facilidade o peso.

  • Sensação de saciedade

Havendo o consumo correto dos carboidratos, especialmente aqueles que possuem fibra, como o arroz integral e o pão, haverá a sensação de saciedade.

Com isso, o alimento permanece por mais tempo no estômago e ao chegar no intestino há uma diminuição no que tange a velocidade que a glicose é absorvida e assim, inexiste os picos de insulina, fazendo com que haja a eliminação da gordura e automaticamente, há a sensação de saciedade.

Portanto, a Dieta Low Carb é excelente.

  • Prevenção do diabetes

A Dieta Low Carb tem como fundamento a ingestão dos carboidratos com moderado ou baixo índice glicêmico e desta forma, auxilia na prevenção do diabetes do tipo 2.

Você deve estar se perguntando: Como assim é bom para a prevenção do diabetes?  Pois bem, se a pessoa ingere carboidratos com alto índice glicêmico, automaticamente o nível de glicose é aumentada no sangue e de tabela, também o de insulina.

E quanto mais houver insulina no organismo, este ficará mais resistente a insulina e com isso, necessitará de mais quantidade de hormônio para fazer o transporte correspondente a mesma quantidade de glicose.  Desta forma, haverá a grande probabilidade de ter o diabetes do tipo 2.

Dieta Low Carb – Alimentos indicados

A pessoa que pretende fazer a Dieta Low Carb corretamente, necessita saber de forma exata quais são os tipos de alimentos que pode consumir, pois se houver o seguimento certo do regime, conseguirá obter os resultados desejados em um período menor de tempo ao comparar com outras dietas.

Desta forma, abaixo listamos quais são os tipos de alimentos que devem ser consumidos.

  • Frutas

Há pessoas que acham que comer qualquer tipo de fruta não prejudica a Dieta Low Carb, porém estão completamente enganados, pois há frutas que possuem muita frutose que é uma fonte de carboidrato.

Portanto, é aconselhável ingerir morango, melão, abacate, pêssego e coco.

  • Proteínas

O consumo de proteínas é essencial na Dieta Low Carb, já que ajudam na produção de enzimas, hormônios e regulação de todas as funções imunológicas do corpo.

Deste modo, os alimentos que devem ser consumidos são aqueles que possuem proteínas magras, como patinho, alcatra, queijo branco, peixe, leite desnatado, filé mignon, quinoa, soja, entre outros.

As proteínas como sobrecoxa, linguiças, bacon, presunto, picanha, cupim devem ser eliminadas do cardápio, já que todas possuem um nível elevadíssimo de gordura saturada.

  • Legumes e verduras

Há alguns legumes e verduras que não devem ser consumidos quando está sendo feita a Dieta Low Carb, como batata e abóbora.

Estão liberados os seguintes legumes e verduras:  cebola, espinafre, couve, pimentão, agrião, abobrinha, chuchu, berinjela, rúcula, vagem, alho poró, alface, aipo, rúcula, pepino, brócolis, acelga, couve-flor, cogumelos e tomate cereja.

A pessoa que trabalha fora todos os dias para que não corra qualquer risco de comer indevidamente alimentos que não fazem parte da Dieta Low Carb, é preparar a própria refeição em casa, pois assim, poderá resistir de forma mais fácil as tentações de um buffet.

Na internet, é possível encontrar inúmeras receitas super saborosas, tanto de comidas comuns, como as mais sofisticadas.  Inclusive, até mesmo sobremesas.

O ideal é sempre fazer a alimentação de forma antecipada e ter à disposição, quando a fome apertar, justamente para que não se alimente erradamente e com isso, se arrependa depois.

Dieta Low Carb – Proibições

Algumas pessoas não podem fazer a Dieta Low Carb, entre elas as que possuem diabetes, problemas hepáticos, cardíacos e insuficiência renal.

Inclusive, os atletas que fazem atividades físicas pesadas e constante, deve antes de iniciar a Dieta Low Carb, procurar um profissional especializado.

Como começar uma Dieta Low Carb?

A Dieta Low Carb tem como objetivo principal reduzir os carboidratos e com ocasionar a perda de peso.

Porém “nem tudo são flores”, há alguns estudos que constataram que a redução excessiva dos carboidratos e o alto consumo de proteínas pode alguns problemas.

Foi justamente pensando em te proporcionar uma dieta equilibrada que compilamos em um Ebook 121 Receitas INCRÍVEIS de uma Dieta Low Carb poderosa!

Quer saber um pouco mais? Acesse o link abaixo:


* Atenção, os resultados obtidos com as informações contidas nessas páginas podem variar de pessoa pra pessoa!